UFC garante nota máxima na maioria dos cursos avaliados no ENADE 2018

4 de outubro de 2019

Dos 17 cursos da Universidade Federal do Ceará avaliados pelo Exame Nacional de Desempenho de Estudantes (ENADE) no ano passado, 10 obtiveram conceito máximo. Destacaram-se na avaliação com nota 5 as seguintes graduações: Administração (Integral); Administração (Noturno); Comunicação Social – Jornalismo; Comunicação Social – Publicidade; Design; Direito; Direito (Noturno); Psicologia (Fortaleza); Psicologia (Sobral) e Secretariado Executivo.

Isso significa que, dos cursos avaliados na UFC, 59% obtiveram nota 5, a máxima. Somente 29% dos cursos de universidades federais avaliados no último ENADE alcançaram esse conceito.

Os demais cursos obtiveram as seguintes notas: 4 para Ciências Contábeis (Integral) e Ciências Contábeis (Noturno); 3 para Administração Pública (EAD), Ciências Econômicas (Integral), Ciências Econômicas (Noturno) e Gestão da Qualidade.

À exceção de Ciências Econômicas (Sobral), com nota 2, todos os cursos mantiveram ou melhoraram o desempenho alcançado em relação ao último ano em que foram avaliados (2015). O reitor Cândido Albuquerque comemorou o resultado, já estabelecendo objetivos para as próximas avaliações.

“O ENADE 2018, ao mostrar que mais da metade dos cursos da Universidade Federal do Ceará avaliados recebeu nota máxima, revela toda uma potencialidade da nossa Instituição como referência. Agora, a nossa meta é que todos os nossos cursos tenham nota máxima. Nós temos capacidade para isso. Ou que, pelo menos, eles tenham a nota 4 ou 5”, projeta.

Cândido Albuquerque aponta que é necessário um esforço coletivo de toda a comunidade universitária para que a meta traçada possa ser alcançada. “Nós não podemos admitir na Universidade Federal do Ceará cursos com nota 3. Nós temos uma grande potencialidade do corpo docente e do corpo técnico, e um corpo discente de alta qualidade. Portanto, nota 3 é incompatível com a nossa Universidade. Então, a nossa meta é que, em 2021, nós não tenhamos mais nenhum curso com nota 3”, reforça.

Para a pró-reitora de Graduação, Profª Ana Paula de Medeiros Ribeiro, o resultado do ENADE é uma consequência da constante articulação da PROGRAD com as coordenações de curso, no sentido de sensibilizar os alunos para a importância da prova: “É um legado que eles deixam para a Instituição”.

A pró-reitora frisa que haverá um esforço ainda maior para aproximar a PROGRAD das coordenações, principalmente no acompanhamento da reformulação de Projetos Pedagógicos de Curso (PPC) e dos planos de melhoria, entre outras ações que impactarão na melhoria do ensino de graduação da UFC. Além disso, a partir da disponibilização dos microdados nos próximos dias, será possível identificar junto com os coordenadores de curso em que aspectos cada graduação precisa melhorar.

Maria do Socorro de Sousa Rodrigues, coordenadora de Planejamento e Avaliação de Programas e Ações Acadêmicas da PROGRAD, reforça que há um “acompanhamento permanente feito pelo setor antes, durante e após a prova”. São realizadas reuniões constantes com coordenadores e alunos para conscientização sobre a importância do ENADE e da necessidade de fazer a prova com seriedade, de modo que a nota possa refletir a qualidade do ensino de graduação na UFC.

NOVO EXAME EM NOVEMBRO – Na Universidade Federal do Ceará, 27 cursos foram enquadrados para participação no Exame Nacional de Desempenho de Estudantes em 2019. A prova será realizada no dia 24 de novembro, um domingo, a partir de 13h30min. Os portões serão fechados e o acesso impedido às 13h. Os locais de prova serão informados pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP) no Sistema ENADE, no dia 8 de novembro. Mais informações podem ser obtidas no site do ENADE na UFC.

O Exame, aplicado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), avalia o rendimento dos concluintes dos cursos de graduação em relação aos conteúdos programáticos, habilidades e competências adquiridas em sua formação.

A primeira aplicação da prova ocorreu em 2004 e a periodicidade máxima da avaliação é trienal para cada área do conhecimento. O ciclo de 2018 avaliou bacharelados nas áreas de Ciências Sociais Aplicadas, Ciências Humanas e áreas afins, além de curso superiores de tecnologia, nas seguintes áreas: comércio exterior, design de Interiores, design de moda, design gráfico, gastronomia, gestão comercial, gestão da qualidade, gestão de recursos humanos, gestão financeira, gestão pública, logística, marketing e processos gerenciais.

IGC e CPC – O Conceito ENADE é o principal indicador do Índice Geral de Cursos Avaliados da Instituição (IGC) que, segundo o Ministério da Educação (MEC), será divulgado até o dia 16 de outubro, junto com o Conceito Preliminar de Curso (CPC). O IGC é um indicador de qualidade que avalia as instituições de educação superior, enquanto o CPC analisa os cursos de graduação, considerando a nota do ENADE e outros insumos.

Leia também:
UFC avança e é agora a 11ª melhor do País, diz Ranking Universitário Folha 2019

Fonte: Planejamento e Avaliação de Programas e Ações Acadêmicas – fone: (85) 3366 9020