Proposta Pedagógica de Emergência prevê flexibilidade para conclusão do semestre

12 de Maio de 2020

Tendo em vista a impossibilidade de retomar as atividades integralmente presenciais a curto prazo, o Grupo de Trabalho (GT) criado para discutir uma Proposta Pedagógica de Emergência (PPE) tem se empenhado em encontrar soluções que contemplem as peculiaridades dos cursos e as diferentes condições dos estudantes. A segunda reunião do grupo, realizada hoje (12), pela Internet, aponta para a inevitabilidade de um semestre especial e atemporal.

Isso significa que haverá uma flexibilidade do semestre para sua conclusão, pois atualmente há componentes curriculares em andamento em diferentes estágios. Alguns deles foram interrompidos, mas permitem que sejam retomados; outros não podem mais prosseguir, pois já tiveram seus conteúdos teóricos totalmente ministrados. Como a conclusão se dará em períodos diferentes, as soluções também terão que ser específicas para cada situação.

“Hoje não temos mais os mesmos conceitos de tempo e de espaço. Não poderemos nos amarrar ao desenho de um semestre padrão”, avalia a pró-reitora de Graduação, Profª Ana Paula de Medeiros. Para tanto, segundo ela, será necessário pensar em respostas para três situações distintas do corpo discente: os alunos que não puderam acompanhar atividades remotas, os que puderam parcialmente e aqueles que gostariam, mas não tiveram oportunidade.

A titular da PROGRAD conta que vem acompanhando as experiências de outras instituições federais de ensino superior e que a tendência é de desenvolvimento de cronogramas graduais para a retomada. “Não há condições, no momento, de fazer planejamento de longo prazo. O cenário é atípico e exige adaptações. Teremos que pensar em soluções que diferem de tudo que vínhamos praticando até então”, pontua.

A flexibilização curricular é amparada pelo Parecer nº 05/2020, do Conselho Nacional de Educação (CNE), que trata da reorganização do calendário escolar e da possibilidade de cômputo de atividades não presenciais para fins de cumprimento da carga horária mínima anual, em razão da pandemia da COVID-19.

A PROGRAD trabalha em diversas ações para subsidiar o planejamento da PPE. Por meio da Coordenadoria de Planejamento, Informação e Comunicação (COPIC), em conjunto com a Secretaria de Tecnologia da Informação (STI), está sendo realizado um levantamento de dados sobre as disciplinas ofertadas por cada departamento, considerando se são teóricas, práticas, teórico-práticas, se exigem atividades em laboratório ou visitas de campo, entre outros aspectos.

Para preparar a infraestrutura necessária ao retorno das atividades, a PROGRAD está elaborando um questionário que deverá ser enviado a todos os professores, abordando o nível de habilidade digital dos docentes, sua interação com o Sistema Integrado de Gestão de Atividades Acadêmicas (SIGAA) e com outras plataformas, dentre outras questões. A Pró-Reitoria de Assuntos Estudantis (PRAE) deverá fazer o levantamento junto aos estudantes, e a Pró-Reitoria de Gestão de Pessoas (PROGEP) com os servidores técnico-administrativos.

Os responsáveis pelas sete frentes de trabalho do GT compartilharam suas primeiras ações, com reuniões e levantamentos de dados, e também propostas. Condições de saúde e socioeconômicas, possibilidade de acesso à internet pelos estudantes, familiaridade dos docentes com tecnologias digitais foram alguns dos assuntos abordados. A titular da PROGRAD assegurou que o objetivo é encontrar soluções que contemplem toda a diversidade da UFC.

Para a pró-reitora adjunta de Graduação, Profª Simone Borges, o segundo encontro do GT foi muito produtivo, informativo e reflexivo. “Além disso, ficou evidente que a prioridade de todos é a qualidade do ensino, como é tradição na UFC”. A próxima reunião, também virtual, está agendada para 14h desta quinta-feira (14).

O que é a PPE – A Proposta Pedagógica de Emergência (PPE) é um conjunto de medidas e estratégias educacionais emergenciais e temporárias para minimizar os efeitos prejudiciais na aprendizagem dos estudantes de graduação da UFC, durante e após o período de confinamento decorrente das medidas para a contenção da COVID-19. Em um momento posterior, o GT deverá discutir também um Protocolo de Retorno Pós-Pandemia.

Leia o que já foi publicado sobre a PPE:
Grupo de Trabalho inicia discussões sobre a Proposta Pedagógica de Emergência
GT se reúne para Proposta Pedagógica e Protocolo de Retorno Pós-Pandemia

Fonte: Pró-Reitoria de Graduação – e-mail: gabinete@prograd.ufc.br

Marcadores: